logo-text-escuroLEGJUR.COM
Carregando…

Lei 9.782, de 26/01/1999

Artigo 15


Capítulo III - DA ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DA AUTARQUIA
Seção II - DA DIRETORIA COLEGIADA
Art. 15

- Compete à Diretoria Colegiada:

Medida Provisória 2.190-34, de 23/08/2001, art. 1º (Nova redação ao artigo)

I - definir as diretrizes estratégicas da Agência;

II - propor ao Ministro de Estado da Saúde as políticas e diretrizes governamentais destinadas a permitir à Agência o cumprimento de seus objetivos;

III - editar normas sobre matérias de competência da Agência, que devem ser acompanhadas de justificativas técnicas e, sempre que possível, de estudos de impacto econômico e técnico no setor regulado e de impacto na saúde pública, dispensada essa exigência nos casos de grave risco à saúde pública;

Lei 13.411, de 28/12/2016, art. 3º (Nova redação ao inc. III. Vigência em 29/03/2017)
  • Redação anterior : «III - editar normas sobre matérias de competência da Agência;»

IV - cumprir e fazer cumprir as normas relativas à vigilância sanitária;

V - elaborar e divulgar relatórios periódicos sobre suas atividades;

VI - julgar, em grau de recurso, as decisões da Agência, mediante provocação dos interessados;

VII - encaminhar os demonstrativos contábeis da Agência aos órgãos competentes.

VIII - elaborar, aprovar e promulgar o regimento interno, definir a área de atuação das unidades organizacionais e a estrutura executiva da Agência.

Lei 13.097, de 19/01/2015, art. 128 (Acrescenta o inc. VIII)

§ 1º - A Diretoria reunir-se-á com a presença de, pelo menos, 3 (três) Diretores, entre eles o Diretor-Presidente ou seu substituto legal, e deliberará por maioria absoluta.

Lei 13.848, de 25/06/2019, art. 39 (Nova redação ao § 1º. Vigência em 24/09/2019)
  • Redação anterior : «§ 1º - A Diretoria reunir-se-á com a presença de, pelo menos, três Diretores, dentre eles o Diretor-Presidente ou seu substituto legal, e deliberará por maioria simples.»

§ 2º - Dos atos praticados pela Agência caberá recurso à Diretoria Colegiada, com efeito suspensivo, como última instância administrativa.

§ 3º - Salvo disposição em contrário, o prazo para interposição do recurso administrativo previsto no § 2º será de trinta dias, contados a partir da publicação oficial da decisão recorrida.

§ 4º - A decisão final sobre o recurso administrativo deverá ser publicada no prazo máximo de noventa dias, contados a partir da data de protocolo do recurso.

Lei 13.411, de 28/12/2016, art. 3º (acrescenta o § 4º. Vigência em 29/03/2017)

§ 5º - O prazo previsto no § 4º poderá ser prorrogado por igual período, mediante publicação da respectiva justificação.

Lei 13.411, de 28/12/2016, art. 3º (acrescenta o § 5º. Vigência em 29/03/2017)

§ 6º - O descumprimento dos prazos estabelecidos nos §§ 4º e 5º implica apuração de responsabilidade funcional do responsável ou dos responsáveis em cada uma das áreas especializadas incumbidas da análise do processo.

Lei 13.411, de 28/12/2016, art. 3º (acrescenta o § 6º. Vigência em 29/03/2017)
  • Redação anterior (original): «Art. 15 - Compete à Diretoria Colegiada:
    I - exercer a administração da Agência;
    II - propor ao Ministro de Estado da Saúde as políticas e diretrizes governamentais destinadas a permitir à Agência o cumprimento de seus objetivos;
    III - editar normas sobre matérias de competência da Agência;
    IV - aprovar o regimento interno e definir a área de atuação, a organização e a estrutura de cada Diretoria;
    V - cumprir e fazer cumprir as normas relativas à vigilância sanitária;
    VI - elaborar e divulgar relatórios periódicos sobre suas atividades;
    VII - julgar, em grau de recurso, as decisões da Diretoria, mediante provocação dos interessados;
    VIII - encaminhar os demonstrativos contábeis da Agência aos órgãos competentes.
    § 1º - A Diretoria reunir-se-á com a presença de, pelo menos, quatro diretores, dentre eles o Diretor-Presidente ou seu substituto legal, e deliberará com, no mínimo, três votos favoráveis.
    § 2º - Dos atos praticados pela Agência caberá recurso à Diretoria Colegiada, com efeito suspensivo, como última instância administrativa.»
Para adicionar notas pessoais você deve se cadastrar no sistema
Já sou cadastrado
Sou um novo usuário

Veja as vantagens de ser cliente LEGJUR.

  • Conteúdo selecionado
  • Legislação, Jurisprudência e Súmulas integradas
  • + de 1 Milhão de Julgados dos Principais Tribunais Federais
  • + de 844.729 Referências Jurisprudências na Legislação
  • Conteúdo sendo adicionado diáriamente pela nossa equipe
  • Contém o essencial para qualquer profissional do direito
  • Acesso Total ás íntegras da Jurisprudência
  • Veja planos e preços de Acesso Total

Cadastre-se e assine já

SEM SESSAO MODAL