Voltar ao Topo

CDC - CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDORAcesse o Código de Defesa do Consumidor e verifique como a navegação entre os artigos é fácil, e também contém jurisprudência selecionada em seus artigos.

ACESSE AQUI
CCB/2002 - CÓDIGO CIVIL BRASILEIRO/2002Acesse o Código Civil Brasileiro de 2002 e verifique como a navegação entre os artigos é fácil, e também contém jurisprudência selecionada em seus artigos.

ACESSE AQUI
CLT - CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHOAcesse a CLT e verifique como a navegação entre os artigos é fácil, e também contém jurisprudência selecionada em seus artigos.

ACESSE AQUI
Jurisprudência de qualidadeÉ aquela rara manifestação judicial que vale a pena consultar, é aquela que tem aval da Constituição e tem compromisso com o cidadão e com as pessoas.
Jurisprudência de qualidadeÉ aquela que é fundamental na construção de uma ponte segura em direção a uma jurisdição e a uma advocacia de qualidade.
Jurisprudência de qualidadeÉ aquela que simplifica e dá vida a temas complexos e a jurisdição.
Jurisprudência de qualidadeÉ aquela que ajuda a qualificar o profissional e o futuro profissional do direito.
Jurisprudência de qualidadeÉ aquela capaz de receber o respeito das pessoas, do cidadão e das partes.
Aval da ConstituiçãoSem aval constitucional, não há tese jurídica, não há lei, não há normativo, não há obrigação de qualquer natureza que vincule legitimamente um cidadão.
Tutelagem estatalO cidadão e as pessoas são livres. «Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão/1789. Art. 1º - Os homens nascem e são livres e iguais em direitos. [...].»
Tutelagem estatalA tutelagem sobre as pessoas e sobre o cidadão não tem aval constitucional nem filosófico. Estados, governos, e principalmente a jurisdição prestam serviços, servem a sociedade, as pessoas e o cidadão.
O Estado e a prestação de serviço públicoA função primordial do estado, dos governos e da jurisdição é prestar serviços ao cidadão e as pessoas e não servir-se deles.
O Estado e a prestação de serviço públicoO conceito do Estado prestador de serviços nasceu com a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão de 1789/França este compromisso com o cidadão não está na esfera de disposição de nenhum parlamento, governo ou jurisdição.
Princípio da legalidadeNinguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei (CF/88, art. 5º, II).
Princípio da legalidadeEntenda-se aqui, o sentido de «lei» como «lei material» e aval da Constituição e principalmente da cláusula mandato de que trata art. 1º, parágrafo único, da CF/88.
Princípio da legalidadePortanto, nenhum cidadão ou pessoa tem a obrigação de cumprir qualquer normativo, ou decisão judicial, sem o aval constitucional.
Constitucionalidade casuística.A constitucionalidade é fundamentalmente casuística, não milita qualquer presunção em favor de qualquer pronunciamento, seja, ele judicial, governamental, ou mesmo do Congresso.
Compromisso com a ConstituiçãoQuem demite-se do compromisso com a Constituição, não é Magistrado, não é Advogado, não é Promotor de Justiça, não é Delegado de Polícia, não é Servidor Público, não é Parlamentar, não é sequer cidadão.
PROMOÇÃOAdquira o Pacote LEGJUR de 1 ANO e GANHE:
2 meses adicionais se você já é cliente (14 meses)
1 mês adicional para novos clientes (13 meses)

LEGJUR.COM - Vade Mécum Digital
O seu Portal de Legislação, Jurisprudencia, Súmulas, Exame da Ordem, Livros Digitais e Notícias
www.legjur.com

STJ - Diário Oficial
STF - Diário Oficial
Filtros ativos
  • Pequena Quantidade D...X

Leading Case Leading Case (0) Operadores de Busca Palavras Combinadas (32)
Palavras Alternadas (4.518)
Expressão Exata (4)
Matéria Civel (2)
Criminal (32)
Trabalhista (0)
Previdenciário (0)
Tributário (0)
Tribunal STF (1)
STJ (26)
TJPE (1)
TJRJ (2)
TJSP (2)

Mini Vade-Mécum do Consumidor
2ª edição

Organizador: Emilio Sabatovski

Formato: epub

Publicado em: 24-04-2014

Atualizado até: 24-04-2014

DetalhesDúvidas

Download Gratuito
Busca por Palavra Chave


PESQUISA AVANÇADA DE JURISPRUDÊNCIA
Busca por Palavra Chave

Pesquisa por palavra chave



Busca por campos específicos

Pesquise número da jurisprudência

Pesquise Nome do Relator

Pesquise Número Doc. LEGJUR

Busca por artigo da Legislação
-


Jurisprudência Fórum (1)

  • pequena quantidade de drogas

    32 Documentos Encontrados

    Operador de busca: Palavras combinadas

    Ordenar por:
    Imprimir pagina Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter Adicione o LEGJUR nos Favoritos Compartilhe no Google+

    (DOC. LEGJUR 142.9444.1004.3800)

    1 - STJ. Agravo regimental. Recurso especial. Tráfico de drogas. Dosimetria. Crack. Art. 33, § 4º, da Lei 11.343/2006. Quantidade e natureza da droga. Pena-base fixada no mínimo legal em decorrência das circunstâncias e quantidade de droga. Redução de pena mantida em razão da pequena quantidade de entorpecente apreendida com o réu. Súmula 7/STJ.

    «1. Em relação à dosimetria das penas, no tráfico de drogas, é permitido ao julgador mensurar com discricionariedade o quantum de aumento da pena-base a ser aplicado, desde que seja observado o princípio do livre convencimento motivado, considerando-se, com preponderância sobre o previsto no CP, art. 59, a natureza, a quantidade da substância entorpecente, a personalidade e a conduta social do agente, consoante o disposto no art. 42 da Lei 11.343/2006. 2. Faz-se possível a... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 144.9591.0007.3900)

    2 - TJPE. Tráfico de drogas. Autoria. Ausência de prova. Princípio in dubio pro reo. Desclassificação. Pequena quantidade de droga conhecida como maconha. Uso próprio. Possibilidade. Valoração de provas recurso parcialmente provido.

    «1. Não havendo provas, deve prevalecer o princípio in dubio pro reo, descabida é a condenação pelo crime de tráfico de drogas. 2. Constatado o uso, e não o tráfico, necessário desclassificar a sua conduta para o artigo 28 da Lei 11.343/2006. 3. Nos termos do artigo 48, § 1º, da Lei 11.343/06, desclassificada a conduta do agente para crime de uso de drogas, devem os autos ser encaminhados a um dos Juizados Especiais Criminais competente para o julgamento do pre... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 142.7970.6003.8700)

    3 - STJ. Agravo regimental no agravo em recurso especial. Penal. Tráfico ilícito de drogas. Alteração do quantum de redução pela minorante prevista no § 4º do art. 33 da Lei 11.343/2006. Pequena quantidade de droga (10,30g de cocaína). Patamar máximo. Agravo regimental desprovido.

    «1. Fixada a pena-base no mínimo legal e apreendida pequena quantidade de droga (10,30 gramas de cocaína), legítima é a aplicação da minorante (art. 33, § 4º, da Lei 11.343/2006) pelo seu máximo, ou seja, dois terços. Precedentes. 2. No mais, o Agravante não traz argumentos robustos o bastante a fim de repelir os fundamentos da decisão agravada, que deve ser mantida por seus próprios termos. 3. Agravo regimental desprovido.»

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 142.4813.9001.9400)

    4 - STJ. Tráfico de entorpecentes e associação para o narcotráfico. Prisão em flagrante convertida em preventiva. Pretendida revogação. Pequena quantidade de drogas. Condições pessoais favoráveis. Medidas cautelares alternativas. Adequação e suficiência. Coação ilegal demonstrada. Ordem concedida de ofício.

    «1. A prisão preventiva somente será determinada quando não for cabível a sua substituição por outra medida cautelar e quando realmente mostre-se necessária e adequada às circunstâncias em que cometido o delito e às condições pessoais do agente. Exegese do art. 282, § 6º, do CPP. 2. No caso, mostra-se devida e suficiente a imposição de medidas cautelares alternativas, dadas as circunstâncias do delito - apreensão de pequena quantidade de entorpecentes - , a demons... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 103.1674.7292.4900)

    5 - STJ. Tóxicos. Uso próprio. Pequena quantidade. Princípio da insignificância. Inaplicabilidade. Perigo presumido. Lei 6.368/76, art. 16.

    «O delito previsto no art. 16 da Lei de Drogas é de perigo presumido ou abstrato. O princípio da insignificância não pode ser utilizado para neutralizar, praticamente «in genere», uma norma incriminadora. Se esta visa as condutas de adquirir, guardar ou trazer consigo tóxico para exclusivo uso próprio é porque alcança, justamente, aqueles que portam (usando ou não) pequena quantidade de drogas (v.g., «um cigarro de maconha») visto que dificilmente alguém adquire, guarda ou traz... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 122.7971.0000.6200)

    6 - STJ. Tóxicos. «Habeas corpus». Tráfico ilícito de drogas. Princípio da insignificância ou bagatela. Inaplicabilidade. Pena-base no mínimo legal. Pequena quantidade de drogas. Causa especial de diminuição. Patamar máximo. Aplicação. Possibilidade. Reprimenda inferior a quatro anos. Substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos. Concessão de ofício. Sursis. Prejudicialidade. Regime inicial aberto. Aplicabilidade. Ordem concedida em parte. Lei 11.343/2006, art. 33, § 4º. CP, arts. 33 e 44. Lei 7.210/1984, art. 147.

    «1. Segundo entendimento desta Corte e do STF, não incide o princípio da insignificância ao delito de tráfico de entorpecentes, pois é de perigo abstrato, contra a saúde pública, sendo, pois, irrelevante, para esse fim, a pequena quantidade de substância apreendida. 2. Fixada a pena-base no mínimo legal e apreendida pequena quantidade de droga (0,2 decigramas) de crack, legítima é a aplicação da causa especial de diminuição (Lei 11.343/2006, art. 33, § 4º) pelo seu... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Referência(s):
    Tóxicos (Jurisprudência)
    «Habeas corpus» (Jurisprudência)
    Tráfico ilícito de drogas (v. Tóxicos) (Jurisprudência)
    Princípio da insignificância (Jurisprudência)
    Bagatela (Jurisprudência)
    Pena (Jurisprudência)
    Pena-base (Jurisprudência)
    Mínimo legal (v. Pena-base) (Jurisprudência)
    Pequena quantidade de drogas (v. Tóxicos) (Jurisprudência)
    Causa especial de diminuição (v. Pena) (Jurisprudência)
    Patamar máximo (v. Pena) (Jurisprudência)
    Substituição da privativa de liberdade (v. Pena) (Jurisprudência)
    Restritiva de direitos (v. Pena) (Jurisprudência)
    Pena restritiva de direitos (v. Pena) (Jurisprudência)
    Concessão de ofício (v. «Habeas corpus) (Jurisprudência)
    Regime inicial aberto (v. Pena) (Jurisprudência)
    Lei 11.343/2006, art. 33, § 4º (Legislação)
    CP, art. 33
    CP, art. 44
    Lei 7.210/1984, art. 147 (Legislação)
    Opções

    (DOC. LEGJUR 144.4062.6000.1400)

    7 - STJ. Habeas corpus. Tráfico e associação para o narcotráfico. Dosimetria. Pena-base. Fixação acima do mínimo legal. Conduta social, motivos e consequências. Desfavorabilidade baseada em elementos inerentes ao tipo penal violado. Ilegalidade. Culpabilidade. Elevada reprovabilidade. Ausência de fundamentação concreta para a conclusão. Antecedentes. Ação penal em andamento. Sopesamento para a elevação da reprimenda na primeira etapa da dosimetria. Impossibilidade. Súmula 444/STJ. Natureza e quantidade das drogas apreendidas. Lei 11.343/2006, art. 42. Pequena quantidade. Constrangimento ilegal evidenciado. Mitigação devida. Writ concedido de ofício.

    «1. Em se tratando de crime de tráfico de drogas, como ocorre na espécie, na fixação da penas, deve-se considerar, com preponderância sobre o previsto no art. 59 do CP, a natureza e a quantidade da substância entorpecente, a personalidade e a conduta social do agente, consoante o disposto no art. 42 da Lei 11.343/06. 2. Constitui evidente constrangimento ilegal a fixação da pena-base acima do mínimo legalmente previsto com base em elementares próprias dos tipos penais inf... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 143.5025.3004.2400)

    8 - STJ. Tráfico de drogas. Prisão em flagrante convertida em preventiva. Pretendida revogação. Desproporcionalidade. Pequena quantidade da droga apreendida. Agente primário, de bons antecedentes, com residência fixa. Medidas cautelares. Adequação e suficiência. Coação ilegal demonstrada. Ordem concedida de ofício.

    «1. A prisão preventiva somente será determinada quando não for cabível a sua substituição por outra medida cautelar e quando realmente mostre-se necessária e adequada às circunstâncias em que cometido o delito e às condições pessoais do agente. Exegese do art. 282, § 6º, do CPP. 2. No caso, a segregação antecipada mostra-se desproporcional, revelando-se devida e suficiente a imposição de medidas cautelares alternativas, dada a apreensão de reduzida quantidade de... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 145.3720.6012.4400)

    9 - TJSP. Pena. Fixação. Tráfico de drogas. Redutor. Aplicação no patamar mínimo. Inviabilidade. Apreensão de pequena quantidade de entorpecente. Réu primário, de bons antecedentes e que não se dedica às atividades criminosas. Recurso não provido.

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 141.5993.0005.7900)

    10 - STJ. Tráfico de drogas. Pena. Regime prisional. Declaração de inconstitucionalidade incidental do art. 2º, § 1º, da Lei 8.072/90, com a redação conferida pela Lei 11.464/07. Fixação de regime diverso do inicial fechado. Possibilidade. Precedentes do STF e deste STJ. Pena-base firmada no mínimo legal. Pequena quantidade de entorpecente. Desproporcionalidade do modo mais severo. Ilegalidade configurada. Ordem concedida de ofício. Estabelecimento do regime intermediário de execução.

    «1. Diante da declaração de inconstitucionalidade, pelo Plenário do STF, do art. 2º, § 1º, da Lei 8.072/90, com a redação que lhe foi conferida pela Lei 11.464/07, que estabelecia o modo inicial fechado para o resgate da reprimenda firmada em relação aos delitos hediondos, o regime prisional para esses tipos de crimes deve ser fixado de acordo com o previsto no art. 33, e seus parágrafos, do Código Penal. 2. Considerando-se que a quantidade de sanção aplicada é super... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 140.6591.0022.9800)

    11 - TJSP. Tóxicos. Tráfico. Apreensão, por policiais, de entorpecentes que foram dispensados ao chão pelo acusado quando surpreendido pelos milicianos. Material devidamente embalado e destinado a mercancia ilícita. Materialidade e autoria devidamente comprovadas, principalmente pelos depoimentos dos policiais que atenderam a ocorrência, cuja credibilidade restou aferida em função do exame atento do conjunto probatório existente nos autos. Desclassificação para a infração do art. 28 Lei 11343/06 inviável. Dosimetria das penas alterada em face da pequena quantidade de drogas apreendida, revogada a decretação de perda do dinheiro apreendido. Recurso parcialmente provido.

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 141.6202.7004.4900)

    12 - STJ. Recurso ordinário em habeas corpus. Tráfico de entorpecentes. Associação para o narcotráfico. Prisão preventiva. Pretendida revogação. Requisitos do art. 312 do CPP. Preenchimento. Gravidade da conduta. Desproporcionalidade da custódia antecipada. Pequena quantidade de droga apreendida. Medidas cautelares alternativas. Necessidade, adequação e suficiência. Coação ilegal demonstrada. Recurso provido.

    «1. Com a edição e entrada em vigor da Lei 12.403/2011, resta clara a natureza excepcional da prisão preventiva, a qual somente deve ser aplicada quando outras medidas cautelares alternativas à segregação provisória se mostrarem ineficazes ou inadequadas. 2. Evidenciado que, in casu, os fins acautelatórios almejados quando da ordenação da preventiva podem ser alcançados com a aplicação de medidas cautelares menos gravosas, não obstante a gravidade do crime praticado, ... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 141.5993.0005.9000)

    13 - STJ. Prisão em flagrante convertida em preventiva. Pretendida revogação. Custódia antecipada baseada na gravidade dos fatos criminosos. Ausência de fundamentação concreta da ordem constritiva à luz do art. 312 do CPP. Agente primário e sem antecedentes. Pequena quantidade de droga apreendida. Medidas cautelares alternativas. Necessidade, adequação e suficiência. Coação ilegal demonstrada. Recurso provido.

    «1. Considerando-se a declaração de inconstitucionalidade incidental pelo STF da parte do art. 44 da Lei 11.343/06 que vedava a concessão de liberdade provisória aos flagrados no cometimento do delito de tráfico de drogas, possível, em princípio, o deferimento do benefício. 2. Há constrangimento ilegal quando a preventiva encontra-se fundada na gravidade dos fatos criminosos denunciados, isso com base na própria conduta denunciada, dissociada de qualquer elemento concreto... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 141.5993.0005.5100)

    14 - STJ. Recurso ordinário em habeas corpus. Tráfico de entorpecentes. Prisão em flagrante convertida em preventiva. Pretendida revogação. Afastamento da vedação legal à liberdade provisória. Cabimento do benefício. Requisitos do art. 312 do CPP. Preenchimento. Gravidade da conduta. Desproporcionalidade da custódia antecipada. Agente primário e sem antecedentes. Pequena quantidade de droga apreendida. Medidas cautelares alternativas. Necessidade, adequação e suficiência. Coação ilegal demonstrada. Recurso provido.

    «1. Considerando-se a declaração de inconstitucionalidade incidental pelo STF da parte do art. 44 da Lei 11.343/06 que vedava a concessão de liberdade provisória aos flagrados no cometimento do delito de tráfico de drogas, possível, em princípio, o deferimento do benefício. 2. Com a edição e entrada em vigor da Lei 12.403/2011, resta clara a natureza excepcional da prisão preventiva, a qual somente deve ser aplicada quando outras medidas cautelares alternativas à segreg... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 138.6082.3005.4500)

    15 - STJ. Habeas corpus impetrado em substituição ao recurso previsto no ordenamento jurídico. 1. Não cabimento. Modificação de entendimento jurisprudencial. Restrição do remédio constitucional. Exame excepcional que visa privilegiar a ampla defesa e o devido processo legal. 2. Sentença condenatória. Agravamento das penas pelo tribunal no julgamento do recurso de apelação. Intimação pessoal dos réus. Desnecessidade. Ausência de nulidade. 3. Associação para o tráfico de drogas. Necessidade de demonstração de elemento subjetivo específico. Constrangimento ilegal configurado. 4. Causa de diminuição prevista no art. 33, § 4º, da Lei 11.343/2006. Quantidade e variedade de drogas. Ausência de ilegalidade manifesta. 5. Ordem não conhecida. Habeas corpus concedido de ofício.

    «1. A jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça, buscando a racionalidade do ordenamento jurídico e a funcionalidade do sistema recursal, vinha se firmando, mais recentemente, no sentido de ser imperiosa a restrição do cabimento do remédio constitucional às hipóteses previstas na Constituição Federal e no Código de Processo Penal. Nessa linha de evolução hermenêutica, o Supremo Tribunal Federal passou a não mais admitir habeas corpus que tenha por objetivo substituir o re... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 137.8122.5002.3900)

    16 - STJ. Tráfico de entorpecentes. Alegada nulidade do flagrante. Superveniência de Decreto de prisão preventiva. Tese superada. Pretendida revogação da segregação. Vedação legal à liberdade provisória. Declaração de inconstitucionalidade pelo STF. Possibilidade de deferimento do benefício. Prisão fundada no art. 312 do CPP. Circunstâncias do delito. Garantia da ordem pública. Necessidade de acautelamento. Condições pessoais. Favorabilidade. Pequena quantidade de droga apreendida. Medidas cautelares alternativas. Necessidade, adequação e suficiência. Coação ilegal em parte demonstrada. Ordem concedida de ofício.

    «1. A tese da ilegalidade da prisão em flagrante encontra-se superada, tendo em vista a superveniência de novo título a embasar a custódia cautelar, qual seja, o decreto de prisão preventiva. 2. Considerando-se a declaração de inconstitucionalidade incidental pelo STF da parte do art. 44 da Lei 11.343/06 que vedava a concessão de liberdade provisória aos flagrados no cometimento do delito de tráfico de drogas, possível, em princípio, o deferimento do benefício. ... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 138.6082.3006.9800)

    17 - STJ. Processo penal. Habeas corpus. Tráfico de drogas e respectiva associação. (1) impetração substitutiva de recurso ordinário. Impropriedade da via eleita. (2) materialidade delitiva. Decisão de incineração da droga. Reserva de quantidade para contraprova. Volume tido por ínfimo. Questionamentos sobre a homogeneidade de toda a carga apreendida. Ausência de tempestiva impugnação da providência de destruição ou demonstração de razoável dúvida. Ilegalidade. Ausência. (3) inépcia da denúncia. Impugnação posterior à sentença. Intempestividade. Alegação superada. (4) interceptação telefônica. (a) fundamentação. Decisão sucinta, porém, colmatada por motivação per relationem. Ilegalidade. Ausência. (b) alegação de ausência de juntada dos áudios e de perícia de voz. Princípio do prejuízo. Farto acervo probatório. Condenação do paciente suportada por outros elementos. Constrangimento. Não ocorrência. (5)audiência de instrução. Art. 212 do CPP. Ordem das perguntas. Magistrado que pergunta primeiro. Nulidade relativa. Ausência de demonstração de prejuízo. Ilegalidade. Não reconhecimento (ressalva de entendimento da relatora). (6) dosimetria da pena. (a) pena-base. Incremento. Expressiva quantidade de droga. Mais 89kg de maconha. (b) minorante do § 4º do art. 33 da Lei 11.343/2006. Envolvimento com atividades criminosas. Paciente condenado por associação para o tráfico de drogas. Constrangimento. Ausência.

    «1. É imperiosa a necessidade de racionalização do emprego do habeas corpus, em prestígio ao âmbito de cognição da garantia constitucional, e, em louvor à lógica do sistema recursal. In casu, foi impetrada indevidamente a ordem como substitutiva de recurso ordinário. 2. Não há falar em ausência de comprovação de materialidade delitiva na medida em que, ao se determinar a incineração da droga apreendida, reservou-se apenas pequena parcela para eventual futura necess... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)


    Referência(s):
    Referência/STJ (Habeas corpus. Pedido formulado pelos impetrantes no sentido de que a pena-base seja fixada no mínimo legal e de seja afastada a circunstância agravante prevista no art. 61, II, «g», do CP. Indicação de fundamentos concretos e em tese válidos. Impossibilidade de reexame de fatos e de provas no âmbito de cognição do procedimento sumário e documental do habeas corpus).
    Opções

    (DOC. LEGJUR 143.3335.2001.5600)

    18 - STJ. Agravo regimental no agravo em recurso especial. Penal e processual penal. Tráfico internacional de drogas. CP, art. 59 e art. 42 da Lei 11.343/06. Fixação da pena-base acima do mínimo legal. Quantidade e qualidade da droga. Motivação suficiente. Precedentes. Confissão espontânea. Quantum de redução. Falta de prequestionamento. Incidência dos verbetes sumulares nºs 282 e 356 da suprema corte. Aplicação da causa de diminuição de pena prevista no art. 33, § 4º, da Lei 11.343/2006. Reexame de provas. Impossibilidade. Incidência da Súmula 07 desta corte. Agravo regimental desprovido.

    «1. O CP, art. 42 da Lei de Tóxicos é expresso no sentido de que o «juiz, na fixação das penas, considerará, com preponderância sobre o previsto no art. 59, a natureza e a quantidade da substância ou do produto». Assim, é evidente que a majoração da pena-base encontra-se devidamente fundamentada, em especial, em face da qualidade e da quantidade de droga apreendida - 11.470g (onze mil, quatrocentos e setenta gramas) de cocaína - , que não pode ser entendida como pequena, ainda ... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 103.1674.7265.2200)

    19 - STF. Tóxicos. Tráfico de entorpecentes. Prova colhida no inquérito policial e não confirmada em Juízo. Indícios e o fato de se ouvir dizer que o acusado seria um traficante de drogas. Lei 6.368/1976, art. 12.

    «Toda e qualquer condenação criminal há de fazer-se alicerçada em prova robusta. Indícios e o fato de se ouvir dizer que o acusado seria um traficante de drogas não respaldam pronunciamento judicial condenatório, o mesmo devendo ser dito em relação a depoimentos colhidos na fase policial e não confirmados em Juízo. A posse de pequena quantidade de droga resolve-se no sentido não do tráfico, mas do consumo de substância entorpecente pelo agente.»

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Referência(s):
    Tóxicos (Jurisprudência)
    Tráfico de entorpecentes (v. Tóxicos) (Jurisprudência)
    Prova (Jurisprudência)
    Inquérito policial (Jurisprudência)
    Indícios (v. Prova) (Jurisprudência)
    Fato de se ouvir dizer (v. Prova) (Jurisprudência)
    Lei 6.368/1976, art. 12. (Legislação)
    Opções

    (DOC. LEGJUR 138.4695.9000.0000)

    20 - TJRJ. Tóxicos. Habeas corpus. Crime de tráfico de drogas. Pretensão de revogação da prisão preventiva. Constrangimento ilegal comprovado. CPP, art. 312.

    «Acolho, em parte, o parecer ministerial da lavra do eminente Procurador de Justiça Astério Pereira dos Santos, por entender que a prisão preventiva, no caso em questão, mostra-se excessiva, violando, portanto, o princípio da proporcionalidade, bem como a ideia trazida pela Lei 12.403/11. Comprovada residência fixa. Pequena quantidade de droga (0,6g de crack). Registre-se que está provado que a paciente é mãe de uma criança de apenas seis meses de vida, que, com certeza, necessita ... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Referência(s):
    Tóxicos (Jurisprudência)
    Habeas corpus (Jurisprudência)
    Crime de tráfico de drogas (v. Tóxicos) (Jurisprudência)
    Prisão preventiva (Jurisprudência)
    CPP, art. 312
    Opções

    (DOC. LEGJUR 132.5182.7000.4200)

    21 - STJ. Tóxicos. Tráfico de drogas. Pena. Fixação da pena. Causa especial de diminuição prevista no § 4º do art. 33 da Lei 11.343/2006. Pretendida aplicação. Requisitos subjetivos. Dedicação a atividade criminosa. Negativa injustificada. Ilegalidade demonstrada.

    «1. Revela-se ilegal a não aplicação da causa especial de diminuição prevista no § 4º do art. 33 da Lei 11.343/2006 à condenada primária e sem antecedentes criminais surpreendida na posse de pequena quantidade de entorpecentes - 4 gramas de crack e 46 gramas de maconha - quando a Corte a quo, com base na conduta criminosa que lhe foi atribuída e pela qual findou condenada, concluiu que fizesse da traficância sua profissão, sob pena de considerar toda e qualquer ação descrita no... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Referência(s):
    Tóxicos (Jurisprudência)
    Tráfico de drogas (v. Tóxicos) (Jurisprudência)
    Pena (v. Tóxicos) (Jurisprudência)
    Fixação da pena (v. Pena) (Jurisprudência)
    Causa especial de diminuição (v. Tóxicos) (Jurisprudência)
    Lei 11.343/2006, art. 33, § 4º (Legislação)
    Opções

    (DOC. LEGJUR 140.2052.7001.0400)

    22 - STJ. Habeas corpus. Tráfico de drogas. Crime praticado na vigência das Leis 11.343/06 e 11.464/07. Estabelecimento de regime prisional diverso do fechado. Possibilidade. Reprimenda inferior a quatro anos, reconhecimento de primariedade, presença da confissão e inexistência de circunstâncias judiciais desfavoráveis. Comando legal que deve ser compatibilizado com os princípios da individualização da pena e proporcionalidade. Substituição da sanção corporal por restritivas de direitos. Viabilidade. Precedentes do STJ e STF.

    «1. Embora não se olvide o teor do art. 2º, § 1º, da Lei 8.072/90, com a redação que lhe foi dada pela Lei 11.464/07, o fato é que mesmo para os crimes hediondos. ou a eles equiparados. a fixação do regime prisional para o início de cumprimento da privativa de liberdade há de levar em consideração a quantidade de pena imposta, a existência de circunstâncias judiciais desfavoráveis, a presença de agravantes, atenuantes, causas de aumento ou de diminuição. 2. Consi... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 136.8045.7005.5400)

    23 - STJ. Habeas corpus. Penal. Tráfico ilícito de drogas. Incidência da minorante prevista no art. 33, § 4º, da Lei 11.343/2006. Inaplicabilidade. Ausência dos requisitos legais. Reconhecida dedicação à atividade criminosa. Regime inicial fechado com base no § 2º do art. 2º da Lei 8.072/90. Inconstitucionalidade. Hc 111.480/es, rel. Min. Dias toffoli. Adoção dos parâmetros previstos no art. 33 do CP. Substituição da pena privativa de liberdade por restritivas de direitos. Inviabilidade. Sanção superior a 04 anos. Habeas corpus parcialmente concedido.

    «1. Paciente condenada à pena de 05 anos e 06 meses de reclusão, como incurso no art. 33, caput, da Lei 11.343/06, porque, juntamente com outros três corréus, mantinha em depósito, para fins de mercancia ilícita: 1.116 pedras de crack, 12 buchas grandes e 1 bucha pequena de maconha, 11 petecas grandes e 01 pequena de cocaína. 2. O Tribunal a quo, ao analisar o conjunto fático-probatório dos autos (em especial, a grande quantidade e variedade das drogas apreendidas), reconh... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 138.6011.0002.3900)

    24 - STJ. Habeas corpus. Penal. Tráfico ilícito de drogas. Incidência da minorante prevista no art. 33, § 4º, da Lei 11.343/2006. Inaplicabilidade. Ausência dos requisitos legais. Reconhecida dedicação à atividade criminosa. Regime inicial fechado com base no § 2º do art. 2º da Lei 8.072/90. Inconstitucionalidade. HC 111.480/es, rel. Min. Dias toffoli. Adoção dos parâmetros previstos no art. 33 do CP. Substituição da pena privativa de liberdade por restritivas de direitos. Inviabilidade. Sanção superior a 04 anos. Habeas corpus parcialmente concedido.

    «1. Paciente condenada à pena de 05 anos e 06 meses de reclusão, como incurso no art. 33, caput, da Lei 11.343/06, porque, juntamente com outros três corréus, mantinha em depósito, para fins de mercancia ilícita 1.116 pedras de crack, 12 buchas grandes e 1 bucha pequena de maconha, 11 petecas grandes e 01 pequena de cocaína. 2. O Tribunal a quo, ao analisar o conjunto fático-probatório dos autos (em especial, a grande quantidade e variedade das drogas apreendidas), reconhe... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 140.9075.9001.4300)

    25 - STJ. Habeas corpus. Pedido de extensão. Concurso de agentes. Tráfico de drogas. Causa especial de diminuição prevista no § 4º do art. 33 da Lei 11.343/2006. Afastamento pela corte estadual. Falta de requisitos subjetivos. Conclusão pela ocorrência de dedicação a atividade criminosa. Negativa injustificada. Constrangimento ilegal demonstrado. Ordem concedida para a corré. Restabelecimento da minorante. Similitude fático-processual. Exegese do art. 580 do CPP. Pleito de extensão deferido.

    «1. Revela-se ilegal a não aplicação da causa especial de diminuição prevista no § 4º do art. 33 da Lei 11.343/06 à condenada primária e sem antecedentes criminais surpreendida na posse de pequena quantidade de entorpecentes. 4 gramas de crack e 46 gramas de maconha. quando a Corte a quo, com base na conduta criminosa que lhe foi atribuída e pela qual findou condenada, concluiu que fizesse da traficância sua profissão, sob pena de considerar toda e qualquer ação descrita no nú... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 141.8683.8003.7000)

    26 - STJ. Agravo regimental no recurso especial. Tráfico de drogas. Art. 33, § 4º, da Lei 11.343/06. Causa de diminuição de pena. Pleito pela redução no patamar máximo. Inviabilidade. Integração à organização criminosa. Comprovação pelas instâncias a quo. Substituição por restritivas de direitos. Não cabimento. Ausência de preenchimento do requisito do art. 44, I, do CP. Agravo regimental não provido.

    «1. Acompanhando a orientação da Excelsa Corte, as Turmas criminais do Superior Tribunal de Justiça entendem ser impossível a aplicação da diminuição da pena, prevista no art. 33, § 4º, da Lei 11.343/06, diante do reconhecimento, pelas instâncias a quo, das circunstâncias que caracterizem dedicação à atividades criminosas e/ou integração à organização criminosa. 2. A mens legis da causa de diminuição de pena seria alcançar os condenados neófitos na infausta ... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 141.8692.6002.0100)

    27 - STJ. Habeas corpus substitutivo de recurso próprio. Descabimento. Tráfico de drogas. Condenação. Causa especial de diminuição de pena prevista no § 4º do art. 33 da Lei 11.343/2006 reconhecida em sede de apelação. Manutenção do regime prisional fechado. Hediondez. Constrangimento ilegal evidenciado. Ordem de habeas corpus concedida de ofício.

    «- Este Superior Tribunal de Justiça, na esteira do entendimento firmado pelo Supremo Tribunal Federal, tem amoldado o cabimento do remédio heróico, adotando orientação no sentido de não mais admitir habeas corpus substitutivo de recurso ordinário/especial. Contudo, a luz dos princípios constitucionais, sobretudo o do devido processo legal e da ampla defesa, tem-se analisado as questões suscitadas na exordial a fim de se verificar a existência de constrangimento ilegal para, se for... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 116.6611.8000.0400)

    28 - TJRJ. Tóxicos. Prova ilícita. Tráfico de drogas majorado. Condenação. Autoincriminação. Tratamento desumano. Tratamento degradante. Direito ao silêncio. Procedimento invasivo de obtenção de prova realizado sem o consentimento válido do apelante. Prova ilícita. Absolvição. Lei 11.343/2006, art. 33, «caput» e 40, III. CF/88, art. 5º, LXIII e § 2º. Dec. 678/1992 (Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Pacto de São José da Costa Rica), de 22/11/69). Precedente do Tribunal Europeu de Direitos Humanos (Caso Jalloh X Alemanha). Amplas considerações do Des. Geraldo Prado sobre o tema no corpo do acórdão.

    «... Importa destacar que o agente GILSON declarou textualmente à fl. 95 que, diante da negativa do réu em assumir sua conduta de forma deliberada, «determinou o encaminhamento do acusado à enfermaria, para que com o tempo se cansasse e falasse a verdade». (grifei). Nessas condições, o agente público confessou que empregou artifício para compelir o réu à confissão, violando o seu direito de permanecer em silêncio e de não produzir prova contra si. Sob outro ... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Referência(s):
    Tóxicos (Jurisprudência)
    Prova ilícita (Jurisprudência)
    Tráfico (v. Tóxicos) (Jurisprudência)
    Drogas (v. Tóxicos) (Jurisprudência)
    Autoincriminação (Jurisprudência)
    Tratamento desumano (Jurisprudência)
    Tratamento degradante (Jurisprudência)
    Direito ao silêncio (Jurisprudência)
    Silêncio (v. Direito ao silêncio) (Jurisprudência)
    Procedimento invasivo (v. Prova ilícita) (Jurisprudência)
    Consentimento válido (v. Prova ilícita) (Jurisprudência)
    Absolvição (Jurisprudência)
    Direitos humanos (Jurisprudência)
    Convenção Americana sobre Direitos Humanos (Jurisprudência)
    Pacto de São José da Costa Rica (Jurisprudência)
    Lei 11.343/2006, art. 33, «caput» (Legislação)
    Lei 11.343/2006, art. 40, III (Legislação)
    CF/88, art. 5º, LXIII e § 2º
    Dec. 678/1992 (Legislação)
    Opções

    (DOC. LEGJUR 136.9811.2003.8700)

    29 - STJ. Processual penal. Tráfico ilícito de substâncias entorpecentes e associação para o tráfico. Prisão preventiva. Periculosidade do agente. Garantia da ordem pública. Fundamentação suficiente.

    «- A jurisprudência deste Tribunal Superior tem proclamado que a prisão cautelar é medida de caráter excepcional, devendo ser imposta, ou mantida, apenas quando atendidas, mediante decisão judicial fundamentada (art. 93, IX, da Constituição Federal), as exigências do art. 312 do CPP. Isso porque a liberdade, antes de sentença condenatória definitiva, é a regra, e o enclausuramento provisório, a exceção, como têm insistido esta Corte e o Supremo Tribunal Federal em inúmeros j... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 143.1090.9005.1700)

    30 - STJ. Agravo regimental no recurso especial. Lei antidrogas. Tráfico ilícito. Autoria e materialidade. Comprovação. Absolvição. Impossibilidade. Reexame do acervo fático-probatório. Súmula 7, STJ. Aplicação da minorante do CP, art. 33, § 4º, da Lei 11.343/06. Impossibilidade. Dedicação à atividade criminosa e integrante de organização da mesma modalidade. Reconhecimento. Substituição da pena privativa de liberdade. Inviabilidade. Requisito do art. 44, I. Não preenchimento. Agravo regimental não provido.

    «1. O Eg. Tribunal a quo, entendeu comprovadas a materialidade e a autoria do delito de tráfico de drogas - posse de 25 (vinte e cinco) porções embaladas de crack, com o peso global de 5,50 g (cinco gramas e cinquenta decigramas) e a quantia de R$ 62,00 (sessenta e dois reais) em dinheiro - , razão por que a apreciação do pedido absolvição faz incidir o óbice da Súmula 7/STJ. 2. Acompanhando a orientação da Excelsa Corte, as Turmas criminais do Superior Tribunal de Just... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 141.1843.2001.3700)

    31 - STJ. Denúncia por tráfico ilícito de entorpecentes. Condenação por posse para uso pessoal. Apelo ministerial. Provimento para reformar a sentença. Condenação nos termos da denúncia. Redutor. Negativa de incidência não fundamentada. Reprimenda minorada. Substituição por medidas restritivas de direitos. Possibilidade. Preenchimento dos requisitos objetivos e subjetivos. Regime prisional. Viabilidade de fixação de modo diverso do fechado. Regime aberto devido. Constrangimento evidenciado. Ordem concedida de ofício. Extensão da decisão ao corréu não-impetrante.

    «1. Revela-se ilegal a não aplicação da causa especial de diminuição prevista no § 4º do art. 33 da Lei 11.343/06 ao condenado primário e sem antecedentes criminais, surpreendido na posse de 45,1g (quarenta e cinco gramas e um decigrama) de cocaína, quando a Corte a quo, com base unicamente na conduta criminosa que lhe foi atribuída e pela qual findou condenado, concluiu que fazia da traficância seu meio de vida, sob pena de considerar toda e qualquer ação descrita no núcleo do... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Opções

    (DOC. LEGJUR 116.4004.0000.3800)

    32 - STJ. Crime contra a saúde pública. Falsificação. Corrupção. Adulteração. Alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais. Remédio. Medicamento. Hermenêutica. Pena. Analogia em bonam parte. Mitigação do preceito secundário do art. 273 do CP. Possibilidade. Princípio da razoabilidade e da proporcionalidade. Recurso especial adesivo. Ofensa ao art. 44 do CP. Ocorrência. Possibilidade de substituição da pena privativa de liberdade por restritiva de direitos. Recurso especial do parquet a que se nega provimento e apelo adesivo a que se dá provimento, para substituir a pena da recorrente, alterando-se, de ofício, o regime de cumprimento da pena para o aberto. Considerações da Maria Thereza de Assis Moura sobre o tema. CP, arts. 1º, 53, 59, II, e 273, § 1º e 1º-B, I e VI. Lei 9.677/1998. Lei 11.343/2006. Lei 11.464/2007.

    «... Ainda que superado o juízo de admissibilidade recursal, verifico não assistir razão ao parquet. Com efeito, consta dos autos que a recorrida foi condenada como incursa nas sanções do artigo 273, parágrafo 1º-B, incisos I e VI, do Código Penal, à pena de 10 anos de reclusão, em regime fechado, em virtude de terem sido encontrados em sua residência 28 comprimidos do remédio CYTOTEC. O remédio foi adquirido de uma pessoa que os trouxe do Paraguai, não possuindo o devido regis... (Continua)

    (Dados do acórdão somente para clientes LEGJUR - Cadastre-se e adquira seu pacote)

    Referência(s):
    Crime contra a saúde pública (Jurisprudência)
    Falsificação (Jurisprudência)
    Corrupção (v. Medicamento) (Jurisprudência)
    Adulteração (v. Medicamento) (Jurisprudência)
    Alteração (v. Medicamento) (Jurisprudência)
    Remédio (v. Medicamento) (Jurisprudência)
    Medicamento (v. Medicamento) (Jurisprudência)
    Hermenêutica (Jurisprudência)
    Pena (Jurisprudência)
    Analogia (v. Hermeneuta) (Jurisprudência)
    Analogia em bonam parte (Jurisprudência)
    Princípio da razoabilidade e da proporcionalidade (v. Pena) (Jurisprudência)
    CP, art. 44
    Pena privativa de liberdade (Jurisprudência)
    Pen restritiva de direitos (Jurisprudência)
    CP, art. 1º
    CP, art. 53
    CP, art. 59, II
    CP, art. 273, § 1º e 1º-B, I e VI
    Lei 9.677/1998 (Legislação)
    Lei 11.343/2006 (Legislação)
    Lei 11.464/2007 (Legislação)
    Opções
  • 1 - RAAZÕES DE APELAÇÃO DESCLASSIFICÃO TRAFI
    Direito Penal - 0 respostas no tópico


  • 1
  • Pagina: 1 de 1

Redes Sociais



LEGJUR.COM - Vade Mécum Digital 2005-2014 © Todos os direitos reservados.